Sozinha eu NÃO consigo

Vou começar com alguns fatos que para mim foram difíceis de aceitar (e ainda são) e talvez para você também seja:

Você não é autossuficiente

Você não consegue gerenciar seu diabetes sozinho

E principalmente….

Você NÃO precisa fazer tudo sozinho.

Existe uma imensidão de pessoas aí fora querendo te ajudar, te dar a mão e porquê rejeitar isso? Porquê tornar a vida mais pesada quando ela pode ser mais leve?

Abra-se para a VIDA, deixe de lado a necessidade de dar conta de tudo sozinho, porquê a verdade é que nem você, nem eu, nem ninguém damos! (Ufa, que alívio admitir isso para si mesmo não é?); mas então porquê insistimos em darmos conta, em parecermos que estamos com a vida toda “certinha” quando na verdade não estamos? Eu me pergunto, o que ganhamos com isso? E o principal, o que perdemos?

Vivemos a vida ao lado de pessoas, elas são a principal razão de nossa existência. As pessoas fazem parte do nosso dia a dia, e temos uma função em suas vidas e elas nas nossas. Essa função é fundamentalmente a de ajudarmos uns aos outros. Se não for assim, qual o sentido de estarmos aqui?

Recentemente eu participei de uma iniciativa de um aplicativo para celular que nos ajuda a gerenciar o diabetes e seus desafios chamado Gluco trends, e eu fiz juntamente com outras pessoas que tem diabetes um vídeo falando sobre superação que eu te convido a assistir aqui e perceber que não está sozinho e nem precisa estar.

No vídeo apareço ao lado de uma grande amiga, a Aline Peach, fundadora do Clube do diabetes, que é uma pessoa especial para mim, que me ajuda com os desafios de viver a vida com uma condição crônica como o diabetes, que me acolhe nos momentos de hiper e hipos, e que sempre tem uma palavra ou apenas um olhar de compreensão.

eu e aline
Gravação vídeo Glucotrends com Aline Peach, DM1 há 38 anos e Fabiana Couto, há 24.

Por muito tempo após o diagnóstico eu vivi sem conhecer ninguém que tivesse diabetes, eu nem queria; mas foi mais difícil, e eu me sentia muito só, isolada e sem referências. Ao perceber que precisava de ajuda, esse foi o meu primeiro e grande passo para me cuidar melhor e com isso, a vida ficou mais leve também.

Pense nisso e se abra para receber mais ajuda, dê espaço para as pessoas fazerem algo por você. Não é vergonha admitir que precisa de ajuda, vergonha é deixarmos a vida passar!

Anúncios

Um comentário em “Sozinha eu NÃO consigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s